O objetivo primário do projeto foi a identificação e a quantificação das perdas em pós-colheita de frutas comercializadas pela CEAGESP. Ele foi iniciado com a cultura do pessegueiro e produziu uma cartilha e um cartaz com os principais problemas pós-colheita, tanto de origem biótica como abiótica. Além das fotos, a cartilha contem informações sobre o controle preventivo de cada um dos problemas ilustrados. Membros da equipe da instituição parceira foram treinados, na ESALQ, para identificar os problemas de pós-colheita, utilizando técnicas fitopatológicas simples que permitam associar os sintomas a suas causas.